O que você sabe sobre a Prolactina?

Vocês sabem qual é o principal hormônio responsável pela amamentação? A prolactina é o hormônio que estimula o crescimento e desenvolvimento da glândula mamária, além de produzir e manter a secreção do leite materno. Na gestação, seus níveis se elevam 10 vezes. A sua produção e secreção ocorre, sobretudo, na hipófise (glândula de mais ou menos 1 cm de diâmetro localizada na base do cérebro), mas também nos linfócitos (células de defesa), na placenta e no útero (endométrio). O aumento da prolactina NÃO é uma doença, mas sim uma anormalidade laboratorial, e pode ter causas fisiológicas, medicamentosas e patológicas. Confira as descrições a seguir:

1 – FISIOLÓGICAS: gravidez e amamentação são as principais.
Outras: estresse, exercício, relação sexual e o sono;

2 – MEDICAMENTOSAS: os antipsicóticos e antidepressivos são os mais implicados no aumento da prolactina.
Outras: anticoncepcionais com estrogênio, anticonvulsivantes, ranitidina, remédios para ansiedade como alprazolan, dentre outros;

3 – PATOLÓGICAS: a principal é o prolactinoma (tumor benigno na hipófise que produz prolactina).

As principais manifestações de um aumento da prolactina são: amenorreia (ausência de menstruação) e a galactorréia (secreção de leite pela glândula mamária fora do período de amamentação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *